fbpx

Dispatches from Elsewhere – “there must be more”

No passado mês de março, estreou Dispatches from Elsewere, da AMC, uma série intrigante e peculiar, sobre o sentido de comunidade.

A história

Neste enredo, Peter (Jason Segel), está submisso a um ciclo diário quase invariável. Apenas existe; sem risco, verdadeira dor ou autêntica alegria. Contudo, a sua forma de viver muda abruptamente quando é atraído a desvendar um mistério com Simone (Eve Lindley), Janice (Sally Field) e Fredwynn (André Benjamin), com quem foi estrategicamente agrupado.

Em conjunto, saltam de puzzle em puzzle, sem ter qualquer ideia daquilo que os espera, de quem os guia ou no que estão, na verdade, envolvidos. Ainda assim, cada personagem tem a sua teoria: será apenas um jogo? Uma operação desenvolvida pelo governo? Ou será real?

                       

Eventualmente, são incitados a tomar partido por um de dois grupos rivais, o Jejune Institute e a Elsewhere Society. Enquanto procuram pistas, buscam também por algo que falta nas suas vidas, um sentimento de que há algo mais do que a vida vulgar.

Desde o início, o espectador é literalmente convidado a imaginar-se no papel de cada uma das personagens; a ver a vida e a o próprio jogo através dos seus olhos. Inevitavelmente, acaba por partilhar as suas ansiedades e ambições, compreender as suas escolhas, criar as suas próprias suposições e fazer parte da viagem.

Como surgiu

Dispatches from Elsewhere foi criado por Jason Segel e é baseado em acontecimentos reais. Segel inspirou-se no documentário The Institute (2013), dirigido por Spencer McCall.

Nesse filme, são entrevistados participantes do jogo de realidade alternativa que aconteceu em São Francisco entre 2008 e 2010. Aceitar este desafio levou-os a mudar a sua perspetiva sobre o mundo. Antes vulgar, rotineiro, comum, tornou-se entusiasmante, imprevisível, apinhado de pistas, de espaços por explorar e de oportunidades de, pelo caminho, conhecer estranhos com o mesmo objetivo.

 

 

Os novos episódios de Dispatches from Elsewhere continuam a estrear na AMC, às segundas-feiras, durante o mês de abril.

 

Partilha a tua história

Já viste Dispatches from Elsewhere? Deixa um comentário ou envia um email e partilha a tua história.

Professora do 1.º Ciclo do Ensino Básico e de Português e de História e Geografia de Portugal do 2.º Ciclo do Ensino Básico.
Artigos criados 12

Um comentário em “Dispatches from Elsewhere – “there must be more”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo